Redes Femininas

Seja porque tiveram filhos ou porque se cansaram do mercado de trabalho tradicional, as mulheres já são maioria no ramo do empreendimento individual, como atestam os números do SEBRAE. Mas não pense que elas fazem isso por serem pouco qualificadas. O perfil das mulheres que buscam pela Rede Mulher Empreendedora, plataforma criada para unir e apioar mulheres que estão abrindo seu próprio negócio em todo o Brasil, traz uma maioria esmagadora – 84% – com nível superior ou pós graduação  buscando flexibilidade de horários e independência financeira. Para quem se enquadra ou quer se enquadrar neste grupo separamos algumas iniciativas que fomentam o empoderamento profissional feminino, oferecem conteúdo para quer começar ou melhorar o próprio negócio e  criam redes de apoio entre mulheres empreendedoras. Confira 😉

Rede Mulher Empreendedora
Fundada em 2010, conta com mais de 36.500 mil empreendedores cadastrados e é atualizada diariamente com informações, conteúdos, dicas e notícias sobre empreendedorismo. Uma plataforma de serviços que tem como objetivo unir e apoiar as mulheres de todo país no desenvolvimento do seu negócio. Por meio de cadastros gratuitos, as empreendedoras publicam um perfil do seu negócio, acessam dicas e notícias importantes e ainda participam de fóruns de discussões. A RME é mantida pela fundadora Ana Fontes, empreendedora do NATHEIA – Coworking & Eventos e curadora da Virada Empreendedora, e também é mantida colaborativamente por mais dez empreendedoras.

Maternas Empreendedoras
Comunidade do Facebook que existe desde 2013 com um objetivo simples: divulgar e procurar serviços e produtos oferecidos por mães. As participantes se apresentam em um post falando de sua família e de seu serviço/produto a ser oferecido. Caso esteja só a procura de algo pode escrever também. A ideia é fortalecer as mães que optam por sair de seus empregos para poder ficar com seus filhos. Como coloca a criadora da comunidade, Jessica Dlla Santina, “se levarmos a serio esta nova forma de nos relacionarmos economicamente podemos criar uma estabilidade e uma tranquilidade para muitas que sentem o mesmo que nós”.

Mulheres que Decidem 
Thabata Moraes é coach e, entre filhos (2) e enteados (3) tem uma família de 7 pessoas. Administra sozinha o grupo de 8 mil mulheres e a fanpage com 12 mil seguidores, criando um espaço dedicado ao apoio, conexão e capacitação de mulheres que decidem empreender. A ideia, além de oferecer dicas e conteúdo de treinamento, é fomentar a geração de negócios entre as participantes da comunidade.

Jogo de Damas 
O Jogo de Damas é uma iniciativa que promove o empoderamento econômico e profissional feminino pela disseminação de conteúdo e informação através da plataforma online, eventos, workshops e programa de mentoria para mulheres empreendedoras. Para o público corporativo o Jogo de Damas oferece consultoria e desenvolvimento de projetos especiais para empresas e governos, além de palestras e treinamentos.

Rede Mulher 360
Criada em 2011 com base nos Princípios de Empoderamento da ONU Mulheres, a Associação Movimento Empresarial Pelo Desenvolvimento Econômico da  Mulher propõe uma visão 360 graus do empoderamento feminino, abordando a atuação das mulheres em todos os seus papéis: na família, no mercado de trabalho e na sociedade.Não produz conteúdo próprio mas faz uma curadoria minuciosa relacionada estas três áreas, além de oferecer programas e treinamento para empresas interessadas em empoderar as mulheres. As empresas participantes se comprometem, entre outros itens, a gerar impacto positivo na vida de 100 mil mulheres por meio de investimento social privado e ações de responsabilidade social.

Maternarum – Empreededorismo Materno 
A Maternarum é uma ONG que desde 2013 desenvolve uma grande rede Colaborativa de Mães. Além disso, produz conteúdo próprio com temas como maternidade ativa e consciente, economia criativa e solidária, a importância da colaboração e das redes de apoio, amor, acolhimento e empoderamento. Tem uma comunidade no Facebook com 8 mil membros e um grupo fechado de mães empreendedoras com cerca de 2 mil participantes.

Maternativa 
Criada por duas mulheres em busca de uma alternativa ao mercado de trabalho formal, esta comunidade de mães empreendedoras no Facebook recentemente lançou um site que serve como banco de dados de serviços oferecidos exclusivamente por mulheres com filhos. De advogada a decoradora de festinha, tem de tudo para que as mães se fortaleçam em rede. Atualmente estão com uma campanha de crowdfunding no ar para se tornarem uma ONG.

​Mulheres Seguras
Iniciativa da Porto Seguro para apoiar o empreendedorismo feminino. Tem bastante conteúdo produzido especialmente para o site, o que resulta em e as matérias bem escritas, entrevistas interessantes, casos de sucesso, inspiração e estatísticas atualizadas do mercado de trabalho.

Deixe Seu Comentário

Loading Facebook Comments ...

Deixe uma resposta